O legado da Teresa

Outubro 16, 2019

Faleceu ontem, segunda feira, 14/10/2019, as 7h50m, uma irmã da minha esposa por insuficiência cardíaca. Um exemplo de autosuperacão e sucesso que merecia constar nos programas de incentivo ao empreendedorismo. Muito cedo (aos 3 anos de idade) Teresa tornou – se órfã de pai. Por força deste infortúnio veio para Luanda viver com o irmão do pai, o pastor António João da ICEA. O amor a primeira vista levou-a, a sair da casa paterna muito cedo e sem a bênção paternal, indo viver com um homem que a abandonou com um filho na mão algum tempo depois. Partiu para outra relação que também não deu certo, mas resultou em mais um filho! Quem sabe terá sido naquela fase em que “comeu o pão que o diabo amassou” é que desenvolveu a maldita doença que a arrancou malogradamente da vida. Porém mesmo diante de tantas adversidades a Teresa não desistiu de lutar pela coisa mais importante para uma mulher, um lar. Vendendo no mercado da BCA conseguiu assegurar para si e seus filhos um tecto… Nestas circunstâncias muitas mulheres decidem dedicar seu amor exclusivamente aos filhos, mas no coração da Teresa que agora traiu-a havia sempre um espaço para um homem por isso juntou os trapos com o “Mano Zé” com quem teve a única menina. Já com a vida estabilizada deu continuidade aos estudos tendo concluído o ensino médio.
A data da sua morte Teresa era dona de uma vivenda que para quem parecia condenada a mendigar o resto da vida é um verdadeiro palácio e um vasto capital social do qual se destacam as colegas da praça – um verdadeiro grupo solidário com um nível de organização que supera qualquer irmandade – e a sociedade de senhoras da sua igreja local.
Além de uma vasta rede de negócios, Teresa era uma mulher de grandes sonhos. Sempre disse que no seu casamento passaria numa limousine, o que veio a ter lugar em 2016 e só não testemunhou o outro grande sonho da sua vida, “todos os filhos formados ” porque a morte roubou-a de todos nós. Mas já trilhou mais de metade do caminho. O primogénito está no último ano do curso de informática no ISUTIC, o segundo é técnico médio de laboratório clínico – já trabalha – e a cassula frequenta o ensino médio. É caso para dizer que o restante é para eles(os filhos) concluírem.
Mais do que a sua imagem é a sua determinação de melhorar as condições materiais da sua vida, o amor aos seus ente queridos e sobretudo a Deus que deve permanecer nos corações de todos que estiveram ligados à ela. Que a sua memória (legado) nunca se apague entre nós!

Viana, 15 de Outubro de 2019.

Serafim Quintino 


Depoimento do Dr. Alexandre Saúl SG da I.E.I.A

Fevereiro 14, 2015

Octávio&AlexandreOctávio&Saúl

Dr. Alexandre Saúl

Dr. Alexandre Saúl

Reverendo. Pr. Octávio Fernando

Que exemplos à seguir?

Antes de abordar o tema para o qual foi solicitada a minha modesta contribuição, quero exprimir a minha gratidão à Deus pelo Serafim Quintino, pelo convite e por aqueles que opinaram que eu poderia prestar este depoimento.
Espero poder ser útil aos que a ele tiverem acesso e confesso desde já que me sinto pequeno demais, para tecer algumas considerações acerca de tão nobre figura dada à esta Nação, pelo nosso Deus. Leia o resto deste artigo »


Nós queremos a paz!

Março 14, 2011

Serafim Quintino

Foi com este slogan que muitos angolanos mobilizados pelo MPLA saíram a rua de muitas cidades capitais de províncias em reacção a uma anunciada manifestação que teria lugar no dia 7 de Março para, a semelhança do que muitas pessoas de três países (árabes) do norte de África fizeram, para exigir a demissão do presidente José Eduardo dos Santos, há 32 anos no poder em Angola. Leia o resto deste artigo »


Os povos africanos precisam de Neemias

Maio 28, 2010

Serafim Quintino

Lembro- me que quando decidi assumir-me como Cristão no início dos ano Noventa, a semelhança de todo recem-convertido, a minha mente era bombardeada com uma série de perguntas, algumas das quais, aparentemente ridículas, mas que eram de fundamental importância para quem na verdade, tal como o próprio termo converter sugere, teria que virar as costas para a direcção que até então seguia. Leia o resto deste artigo »


Uíge – terra de casas de abode queimado

Fevereiro 17, 2010

Mais uma vez trago para este sítio uma reflexão, a pedido de alguém. Primeiro foi o Guido depois de ter lido o artigo que escrevi sobre o Sans de Angola; agora é a Micael.

Micael é natural do Uíge, estuda no Huambo na Faculdade de Ciencias Agrária; ao comentar o artigo: Nota vinte para as mulheres da Quibala, publicado neste espaço, pediu-me que visitasse a província do Uíge e escrevesse também um artigo… Leia o resto deste artigo »


A TERRA NATAL

Junho 16, 2009

   

10E00A_2Nenhum povo tem dignidade fora, se não a tiver primeiro na sua própria terra. O contrário também é verdadeiro; nenhuma terra tem dignidade, se não a tiver primeiro o seu povo.

 

Ora, como  um povo e a sua terra podem ter dignidade? A resposta é simples, através dos seus filhos (indivíduos)! Uma terra e o seu povo, se tornam dignos se tiverem filhos dignos! Leia o resto deste artigo »


Traídos pelos melhores entre herdeiros…

Maio 29, 2009

223No âmbito da celebração do aniversário da África,  trago hoje,  para este  espaço um artigo, entitulado: traídos pelos melhores entre herdeiros…», que escrevi em 1997  e  serviu de base para um debate que animei numa palestra com militantes da FpD, a convite de um amigo que milita(va) naquele partido. Leia o resto deste artigo »