A TERRA NATAL

   

10E00A_2Nenhum povo tem dignidade fora, se não a tiver primeiro na sua própria terra. O contrário também é verdadeiro; nenhuma terra tem dignidade, se não a tiver primeiro o seu povo.

 

Ora, como  um povo e a sua terra podem ter dignidade? A resposta é simples, através dos seus filhos (indivíduos)! Uma terra e o seu povo, se tornam dignos se tiverem filhos dignos!

 

Toda gente nasceu numa determinada localidade, que chama «a minha terra», mas nem toda gente que nasceu numa determinada localidade é «filho daquela terra». Por outras palavras toda a gente é natural de uma determinada localidade, mas nem todos naturais de uma determinada localidade são «filhos da terra»! Patriotas.

 

«Os filhos da terra» são aqueles que contribuem para deixá-la mais rica (digna) do que era antes de nascerem. Destes os que se destacam, sacrificando os seus interesses pessoais, familiares, saúde ou em muitos casos a própria vida são considerados heróis ou heroínas.

 

Quantas vezes ouvimos os mais velhos da nossa terra, sobretudo as mulheres, a lamentarem a sua miséria, dizendo: «até  parece que nessa terra não nasceram filhos».

 

Aqueles, porém, que tendo nascido numa determinada localidade se furtam ao cumprimento dessa lei natural da vida; não só se privam desses honrosos títulos (filho da terra, herói ou heroína), como são os responsáveis pelo estado de miséria em que ela (a terra) se encontra.

 

Piores do que os naturais indiferentes (que nada fazem para melhorar as condições de vida dos habitantes da sua terra natal)  são os considerados traidores. Estes, geralmente, por egoísmo (desejo ardente de satisfazer interesses pessoias) chegam a causar enormes prejuízos aos seus conterrâneos.

 

Quantas vezes ouvimos os mais velhos da nossa terra, sobretudo as mulheres, a lamentarem a sua miséria, dizendo: «até  parece que nessa terra não nasceram filhos».

 

Dissemos que Kissama, em particular, os Luandos é no cotovelo, «kuhokola»; terra de elefantes e pacassas, enfim a terra onde o «vento faz a curva!». Mas será que todos temos a consciência das verdadeiras causas dessa situação?!

Uma resposta a A TERRA NATAL

  1. CUSTODIO JOB LUCAS diz:

    Eu o JOB LUCAS ESTUDANTE DA FACULDADE DE CIENCIAS AGRARIAS DO HUAMBO E MEMBRO DA IGREJA EVANGELICA LUTERANA DE ANGOLA.
    Deus se alegra com os seus
    os angolanos hoje conheçem Deus, mais nota-se que ainda precisamos de mais ensinos com mensagens doces de pertinentes, tais que nos alerta cada dia o dinamismo do cristianismo bem como a vinda de cristo…Procuremos preparar-nos com ensinos mais pertinentes,porque nas nossas denominaçoes dificilmente ensinam-nos sobre batalha espiritual, vencendo o mal, arrebatamento, como resistir aos males
    como resgastar os principios sivicos e morais num meio tenebroso…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: